Seja benvindo, ao sair, não me esqueça, volte sempre.

Livro de Visitas - Clique na imagem e deixe um recado

Guestbook ou faça um comentário em uma das postagens.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Semeando no Campo da Vida




1/12/2002

Autor: Élys Vianna


Somos todos agricultores,
no campo da vida, semeando.
Para cada ação cultivada,
uma reação, apropriada,
estará nos alcançando.

É preciso observar com cuidado
o que estamos a plantar.
No futuro, a colheita, será obrigatória,
não a podemos recusar.

Assim, sempre, acontece.
O nosso destino vamos traçando.
Seremos felizes, viveremos em paz,
se boas sementes estivermos cultivando.

Quem planta limão,
um gosto ácido vai experimentar;
quem frutos doces cultiva,
não sentirá o azedume, quando os for saborear.

Durante a vida terrena,
muito estamos a plantar,
porém a fraternidade
é preciso cultivar.

Lembro-me, agora, do Cristo,
que sentenças de luz plantava:
- “Amai-vos uns aos outros”,
a cada instante, Ele falava.

É importante, portanto,
 arar a terra do coração.
Jesus, o Grande Mestre,
morreu, na cruz, para  nossa salvação.




22 comentários:

Ana Bailune disse...

Bom dia, Élys.
Bonito e inspiradíssimo!

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

E quem planta boas sementes bons fruto colhera.
Um abraço e uma boa semana cheia de sol e paz.

Liplatus disse...

Seeding may want to consider,
what he wants to pick up.
What to leave behind, comes around.

Have a nice week!

✿ chica disse...

Lindo! E essa semeadura é interminável! abração, linda semana,chica

Leonice disse...

Bom dia Élys...
Já estava com saudades dessas dádivas semeadas por você...
Abraços.

Brisa Petala disse...

Bom dia amigo
Linda escolha e um texto para refletir.A vida é um campo de semeadura. Se não gostas do que colhes, analise as sementes que estás plantando.Um abraço

Gigliola Rizzo disse...

Sembrando... se recoge buenos frutos ... buenos amigo.
Un post hermoso, te deseo un feliz día!
Cariños.

http://bajolalupadegiglio.blogspot.com/

__________ «❈❈« «❈❈« __________

Boris Estebitan disse...

En el campo de la vida todos somos agricultores, saludos.

Mirtes Stolze. disse...

Boa noite Élys.
Um bonito texto para reflexão. Obrigada pelo carinho.
Um feliz noite.
Abraço.

Lau Milesi disse...

Bom dia, Élys !
Um belo poema para se começar o dia.
Perfeito, os resultados do amanhã são reflexos do hoje em nossas vidas. Adorei seu poema!
Um beijo e obrigada por sua gentil visita.

Lucinalva disse...

Olá Élys
Linda postagem. É verdade, Cristo morreu para nos dar vida eterna. Que possamos plantar sempre sementes de amor. Bjs querido.

MARILENE disse...

Os corações estão precisando de cuidados. A fraternidade se ausenta cada vez mais. O homem não tem plantado e, certamente, nada receberá no tempo da colheita. Abraço.

ॐ Shirley ॐ disse...

É verdade, Élys... A semeadura é livre, mas, a colheita é obrigatória.
Paz profunda!

Nal Pontes disse...

Oi Linda mensagem em forma de poesia. Que aprendamos a lição da semeadura. Um abraço

Vera Lúcia disse...

Olá Élys,

Linda e divina inspiração.
O cuidado no semear sempre se refletirá na respectiva colheita. Portanto, que cuidemos de semear segundo os exemplos do Cristo, preservando e buscando sempre alimentar o sentimento da fraternidade, que anda adormecido em alguns corações.

Abraço.

Dilmar Gomes disse...

Caro Élys, aqui também tem azul. Realmente, colheremos aquilo que plantarmos, conforme poetizas com muita propriedade.
Um abraço. Tenhas um ótimo feriadão.

Bandys disse...

Oi Elys,
Que lindo e verdadeiro.
O que plantemos no escolhemos.
por isso é bom sempre estar com luz divina
nas plantações.
beijos

Felisberto N. Junior disse...

Olá,Élys, há tempo para tudo,para plantar, semear, cuidar, frutificar , colher...o nosso dever é escolher a “boa semente” e lançar no solo dos corações a esperança ,a fraternidade, a fé e a vida...
Agradeço pelo carinho, belos dias,abraços!

Gigliola Rizzo disse...


✿ Este fin de semana… viaja al menos con la imaginación, lee con el corazón, escucha música para el Alma y encuentra la mejor excusa para ser feliz. ✿
Con mucho cariño: Gigliola.

http://bajolalupadegiglio.blogspot.com/

ania disse...

Quem semeia amor, por certo, amor colherá...Tão lindo e tão verdadeiro teu poema Élys...foi com prazer imenso que li! um abraço, ania..

Claudete disse...

Verdade absoluta Elys ...Colhemos aquilo que semeamos, se porem observarmos o que se desenvolve à nossa frente é possível corrigir a tempo e assegurar uma colheita fértil ...assim é a vida. Obrigada pela visita amigo. Gosto muito de te ler, pena que nem sempre possa ser assidua.

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Lindo amigo, sem duvida só colhemos o que plantamos, temos que dar muito valor as sementes que jogamos no caminho! Abraços

Postar um comentário

A sua visita me faz feliz.
Deixe um comentário, aqui ou se preferir,
vá ao livro de visitas (Guest Book), no alto do Blog.
Ficarei muito grato.