Seja benvindo, ao sair, não me esqueça, volte sempre.

Livro de Visitas - Clique na imagem e deixe um recado

Guestbook ou faça um comentário em uma das postagens.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Na Busca da Evolução Espiritual



25/5/2014

Autor:Élys Vianna


O Sol brilha, aquece a natureza,
numa sublime doação de amor.
As folhas das árvores balançam,
levemente tocadas,
pela brisa que as acaricia.

Estou a caminhar...
Vou devagar...
Não é preciso correr...

Há muito tempo estou na estrada
mas, ainda tenho muito que aprender.
Já tropecei, já caí, porém sempre,
mais forte me levantei.

Assim é a vida...
É necessário perseverar,
na busca do conhecimento,
para um sublime objetivo alcançar:

A Evolução Espiritual,

é preciso conquistar.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Voando sobre a Terra


Foto Freepeek. com:  Aqui

26/6/2014

Autor: Élys Vianna



Da janela da minha sala
vejo um bonito céu azul.
Minha mente em liberdade,
busca por esta linda imensidão voar.

Como um pássaro de brancas plumagens,
voa observando a Terra...
Como é belo o nosso planeta!...

Lindas florestas, rios e mares em profusão...
Animais diversos, por toda parte, caminhando.
Aves, ternamente, voando...

Tudo isso, fortifica a minha fé.

Meu coração pulsa forte,
pleno de suave alegria.
A essência divina paira sobre a Terra
como uma doce sinfonia, emanada
do amor do Criador.


segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Agradecendo com Ternura




5/8/2014


Autor: Élys Vianna



Busco em suave quietude,
no âmago do meu ser,
com o Cristo sintonizar.


Uma luz diáfana me envolve...
Sinto a Sua presença...
No ambiente reina uma doce paz...


Com muita ternura,
pulsa o meu coração,
numa doce prece de gratidão:


- Obrigado, meu Cristo, por Sua Luz
que em todos os instantes me ajuda a caminhar...
Nos momentos felizes, sempre me incentiva,
nos mais difíceis, não me deixa fraquejar...

Agradeço, comovido, a fé que me ajudou a conquistar...










segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Cantarolando a Paz




23/5/2011

Autor: Élys Vianna

  
Passando pela rua
um menino encontrei,
cantarolava baixinho,
mesmo assim eu escutei.

A música falava de paz,
de amor e união,
clamava por fraternidade,
com ternura e emoção.

Pouco a pouco, outros meninos
vieram em nossa direção,
queriam cantar conosco,
esta bela e doce canção...

Uma brisa leve passou,
queria participar,
Levando consigo as doces notas...
Para que outros pudessem cantar.

Meus olhos lacrimejaram,
A emoção me fez chorar...
Ficou, porém, a certeza:
a Paz, um dia,  a Terra vai conquistar.



Imagem: Blog Canção Nova, aqui