Seja benvindo, ao sair, não me esqueça, volte sempre.

Livro de Visitas - Clique na imagem e deixe um recado

Guestbook ou faça um comentário em uma das postagens.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

A Natureza Pede Socoro



9/2/2006

Autor: Élys Vianna


Vejo o mar batendo nas pedras.
O vento soprando sem parar.
As folhas da mata balançando,
A natureza convidando para pensar...


Pensar, no Criador,
Que tudo fez com perfeição,
Para que o homem desfrutasse,
Sem causar destruição...


As árvores são derrubadas,
Com medo fogem os animais.
O solo fica estéril,
A Terra sofre demais.


É preciso parar.
Colocar a mão na consciência, refletir;
Se esse estado de coisas, continuar,
O homem, o planeta, vai destruir.


A natureza pede socorro.


18 comentários:

✿ chica disse...

O homem,parece se achar soberano, dono de tudo! Uma pena e por onde passa, deixa rastros feios! abraços,chica

regina ragazzi disse...

Pena que a cada dia os homens têm ficado mais egoistas, mais individualistas e só olham para o seu próprio umbigo.Um belo poema Élys. Para ser lido e refletido. Abraços!!

Edna Lima disse...

Em época de sustentabilidade ainda convivemos com a ignorância de muitos.
Consciente post. Bom dia. Abraços. Edna.

Luiz Cidreira disse...

Gosto muito quando a cutucada vem em prosa ou versos falando da realidade atual da vida humana.
Olha os paulistanos sofrendo com a água, tudo culpa deles mesmos.
Obrigado por está lá no Lu Cidreira comentando.

Abraço

ania disse...

Triste, muito triste...o homem não pensa no péssimo resultado de suas ações...Parabéns, Élys por teu lindo e reflexivo poema! Obrigada pelo carinho do comentário em minhas varandas...creia, fiquei muito feliz! bjos, ania..

Rita Sperchi disse...

Uma tristeza que da dó ver a natureza morrendo
e aqui vc postou bem em versos muito bom mesmo
Bjuss de smepre
Rita!

Clara Lúcia disse...

Que triste mas é por aí mesmo, infelizmente.
Façamos nossa parte onde vivemos, e educamos nossos filhos para proteger a Terra. Se cada fizer sua parte tudo se resolve.
Vamos ter esperanças...

Beijos

Luma Rosa disse...

Oi, Élys!
A Chica bem disse: o homem se acha dono de tudo. Ele não é dono nem mesmo de seu próprio corpo e mesmo assim o corrompe, sabendo que o prejuízo será somente dele.
Beijus,

Toninho disse...

Caro amigo Élys seu grito deve ecoar por todos os cantos, um socorro urgente pela natureza degradada em cada manhã, cemitério de esperanças de dias mais amenos, aguas mais pura e em quantidade,mar limpo e calmo. Socorro para o mundo contra toda a violência que se pratica.
Um abração amigo e grato sempre pela atenção.

Isa Martins disse...

É meu amigo, a natureza pede socorro, e que todos possam se conscientizar que ela é nosso tesouro, principalmente os jovens devem ter essa consciência, para que possam mudar esse quadro.
Um bom dia, cheio de coisas boas, beijos!

Anne Lieri disse...

Estamos numa situação insustentavel para o planeta. Linda sua poesia! Abraços,

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Lindo poema e realmente só o homem destrói o paraíso que o Criador nos legou. Esperança,sempre! Temos que pensar numa nova era de luz e sabedoria.


Beijos

Donetzka

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Élys excelente mensagem em seu poema, a Terra em si grita por socorro há tempos meu amigo, mas a humanidade desumana se faz de surda e cega, infelizmente, abraços Luconi

Teresa Isabel Silva disse...

Sem dúvida uma grande mensagem.. Por vezes o ser humano esquece-se da natureza...

Bjxxx

semdisfarce disse...

Triste realidade em excelentes versos.
Bjs... MP.

maria claudete ferreira herculano batista disse...

E como pede...Socorro a cada um de nós que deve fazer a sua parte...Se não conseguimos cuidar do que nos foi dado gratuitamente o que poderemos esperar de retorno?Até quando a omissão será a desculpa para nossa cegueira?
amigo no momento estou atualizando a minha lista de blogs ,então sempre que encontro um amigo que segue outro amigo, visito! Abraços.

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Élys. Como a natureza pede socorro, isso fica cada vez mais claro para os homens, que sem dó algum a destroem.
Se houvesse harmonia entre homem e natureza, a humanidade viveria em sintonia e desfrutando das belezas naturais sem correr o risco do Planeta se perder.
Lindo.
Tenha uma semana de paz!

ONG ALERTA disse...

Esta na hora do ser humano se dar conta de cuidar do planeta de verdade.
Abraço Lisette.

Postar um comentário

A sua visita me faz feliz.
Deixe um comentário, aqui ou se preferir,
vá ao livro de visitas (Guest Book), no alto do Blog.
Ficarei muito grato.