Seja benvindo, ao sair, não me esqueça, volte sempre.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Outono


Imagem de ultradownloads.com.br


9/4/2012

Autor Élys Vianna

Outono... A calma penetra no ar,
as folhas caem, suavemente,
ao ver a brisa passar.

Pássaros cantam de mansinho
uma doce sinfonia
com  suavidade e carinho...

As horas passam, entardece...
a natureza eleva a Deus
uma terna  e sublime prece.

No céu as estrelas brilham,
a noite ternamente aparece...
o Sol, já  se escondeu,
mas na Lua se reflete...

É hora de dormir,
a Deus agradecer,
a Sua permanente presença  
no âmago de nosso ser.


22 comentários:

Mari disse...

Belas palavras...Outono, época de se desfazer do velho e recomeçar...se desfazer de velhos sentimentos que não nos fazem bem, velhas mágoas, velhos conceitos...e esperar a primavera chegar para a renovação!!! Tudo é tão perfeito na natureza!

Tenha uma semana repleta de muita luz, paz e alegrias, querido amigo Élys!! Adoro suas visitas!♥

Inaie disse...

saudade do outono. aqui em Bahrain vivemos tres veroes e um verao mais ameno!

Graça Pereira disse...

Um poema que é o retrato do Outono, com pinceladas de gratidão a Deus Criador.
Muito bonito!
Beijo
Graça

Vera Lúcia disse...

Olá Élys,

Bela estação, embora haja quem a considere melancólica.

O poema ficou lindo.

Espero que sua Páscoa tenha sido de alegria e paz.

Bjs.

Leninha disse...

Uma terna prece em formato de poesia...muito linda,amigo Elys.

Bjssssss,
Leninha

Mari disse...

Outono é suavidade...olá Elys! Visitando vc e matando saudades. Passei algum tempo fora, sem internet. Bom poder rever seus textos. Grande abraço.

♫*Isa Mar disse...

Bom dia meu amigo querido seus versos sempre são uma belezura como diz a Meire rsss
O Outono é uma bela estação, só tenho resistências com o inverno, preciso tratar isso em mim...
Beijos e ótima semana!

Socorro Melo disse...

Oi, Élys!

Amei os versos! São tão suaves, e de uma sensibilidade tão aparente. A 3ª estrofe me tocou muito, porque gosto do entardecer, e sinto que a natureza é especial nesse momento.

Lindos versos, amigo!
Socorro Melo

edumanes disse...

No outono a calma penetra no ar,
No inverno chega o frio
Chega a primavera para animar
Correm límpidas águas no rio!

Acasalam os passarinhos
Seus ninhos vão construir
Calmos e mansinhos
Chega a noite cansados vão dormir!

Desejo uma boa tarde pra você.
Um abraço,
Eduardo.

Anne Lieri disse...

Muito linda sua poesia!O outono é mesmo inspirador e como é bonito!bjs,

✿ chica disse...

Muito lindo ,como o OUTONO! abração,chica

Bel Rech disse...

Agradecer e contemplar tudo que Deus nos deu.
Paz e bem

Clara disse...

Boa noite, Élys

Estou com os dias muito corridos, infelizmente.... gostaria de sempre estar aqui pra ler tudo o que vc escreve. É lindo!!!

Beijos

Orvalho do Céu disse...

Olá, amigo Élys
Vc e eu estamos dando graças ao Bom Deus pela vida... pelo carinho d'Ele conosco, pelo sono restaurador... enfim, por tudo...
Obrigado por ter postado o selinho... muita gentileza da sua parte, viu???
Deus te abençoe e te faça muito feliz!!!
Abraços fraternos de paz

Anne Lieri disse...

Elys,hoje passei para reler sua poesia e agradecer sua gentil visita!bjs,

ValeriaC disse...

Que encantadora suavidade nos seus versos, Élys...outono é uma belíssima estação,de brisa mansa e amena...
Boas brisas outonais pra ti querido amigo, beijos,
Valéria

Artes e escritas disse...

Uma prece ao cair da tarde, a calma do outono e a paz no coração. Este poema é sereno e bom. Um abraço, Yayá.

Bergilde disse...

Viví muitos anos entre o verão e o inverno quase inexistente,mas foi quando conhecí a primavera e o outono que pude perceber a riqueza das cores,odores e quantos detalhes estão presentes na natureza.Seus versos são encantadores,meu abraço daqui!

J Araújo disse...

Élys, muito obrigado pelo seu comentário, passei para agradecer sua colaboração. Agora com referencia ao seu poema, com certeza, nos remetem à natureza pura.

Imagina, quando você fala dos pássaros, das estrelas que brilham no céu, só mesmo lá no sertão longe de tudo podemos apreciar tudo isso, porque aqui na cidade o que temos é muito barulho e poluição.

Abraço,

ValeriaC disse...

Hoje, venho reler seu belo poema e te desejar um maravilhoso final de semana, que você sinta imensa alegria e serenidade,meu querido amigo, beijos,
Valéria

ELAINE disse...

Élys, que poesia linda! Também se encontras envolvido pelo romantismo outonal! Obrigada pelo carinho! Excelente sábado! Abraço carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Vivian disse...

Bom dia,Élys!!

Nossa,meu amigo!!Que belíssima poesia!!!Com os mais puros sentimentos! Como uma oração.
Devemos agradecer a Deus todos os dias!
Beijos!Boa semana!

Postar um comentário

A sua visita me faz feliz.
Deixe um comentário, aqui ou se preferir,
vá ao livro de visitas (Guest Book), no alto do Blog.
Ficarei muito grato.